Notícias

Comunicado | Esclarecimento relativamente a outdoor sobre alimentação de animais na via pública

on 19th August 2019

Confrontados com mais uma campanha difamatória nas redes sociais, desta feita a respeito da colocação de um outdoor onde se pretende desmotivar a alimentação de animais na via pública, impõe-se contextualizar a colocação do aviso em apreço: como é consabido, o local (único no concelho de Cascais) onde o mesmo foi colocado, era o local onde eram avistados os cães assilvestrados, mais conhecidos como Matilha do Guincho, problema que foi preciso resolver com recurso a práticas reconhecidas como eficazes e que salvaguardassem desde logo quer a ausência de sofrimento dos animais na captura, quer o sucesso da mesma, na medida em que a extensão do problema merecia intervenção urgente, célere e eficaz.
Ora, no local em apreço – Estada do Guincho , em frente ao antigo Restaurante Raio Verde, por ser o local onde mais eram avistados e onde os cuidadores informais, sem recurso a qualquer critério que não fosse o de alimentar os animais (no pressuposto de que isso os acalmaria e evitaria eventuais ataques a pessoas e outros animais) iam depositando alimentos, desde ração seca até alimentos cozinhados.
A modalidade de captura decidida – por ser a que se reconhecia como mais adequada – foi a de instalar um dispositivo de captura, de grande dimensões, onde foram colocados alimentos e água no sentido de os habituar a aí saciar as suas necessidades diárias, até se atingir o ponto ideal de habituação.
Ora, para atingir o sucesso da iniciativa impunha-se que a lei (concorde-se com ela ou não) fosse cumprida – ou seja, que não se alimente animais na via pública – e não apenas pelo simples cumprimento da lei, mas sim, para garantir o sucesso da operação – o que veio a suceder porque, para além do aviso, o local foi sendo monitorizado pelas nossas equipas e da polícia municipal e, pedagogicamente, as pessoas sensibilizadas para colaborar cumprindo o que se pedia.
Foi, como facilmente se percebe, um imperativo da segurança e saúde públicas , e não, como alguns tentam fazer crer, uma afronta ao Bem-estar e à Proteção Animal.
Aproveitamos para lembrar que além do mais, alimentar animais na via pública deve obedecer a regras de cautela no que concerne à higiene urbana e à saúde pública – o município de Cascais, através da nossa instituição, a Associação São Francisco de Assis – Cascais, tem protocoladas mais de 50 colónias de rua (gatos) onde se contam centenas de animais, alimentados na via pública pelos tutores destas colónias, ou seja, nesta matéria, conhecida por muitos (as) dos (as) alarmistas das redes sociais, Cascais é, ao contrário do que se está a fazer crer – por evidente má fé – um exemplo.

A Direção da Associação São Francisco de Assis – Cascais

Share this post:
Cristina AlmeidaComunicado | Esclarecimento relativamente a outdoor sobre alimentação de animais na via pública